quinta-feira, 30 de março de 2017

Parque Ecológico Canela de Ema

A terceira saída a campo do calendário Vamos Passarinhar nos Parques do DF foi no Parque Ecológico Canela de Ema. A UC situa-se em Sobradinho-DF, entre Sobradinho II e o Setor de Condomínios. Abrange a lagoa Canela-de-Ema. A vegetação em torno é constituída de brejo, campo de murunduns, buritizal e cerrado, com grande quantidade de canelas-de-ema, que dão nome à área.

bigodinho - Cristofer Martins
Percorremos uma trilha em meio ao cerrado em direção à lagoa canela-de-ema. Nesse caminho foi possível observar em meio às moitas de capim algumas espécies de papa-capim que, infelizmente, ficam muito vulneráveis à presença dos gaioleiros no parque. Próximo à lagoa, observou-se um maior número de espécies de aves, naturalmente com predomínio para espécies ligadas à ambientes brejosos e aquáticos, como martins-pescadores, curuties e principalmente garibaldis. Abaixo a lista das espécies de aves registradas.

1 tiziu
2 Risadinha
3 pombão
4 Martim Pescador Grande
5 garibaldi
6 coro-coro
flor da canela de ema - Tancredo Maia
7 andorinha do rio
8 encontro amarelo
9 coruja buraqueira
10 corutié
11 Rolinha caldo de feijão
12 pia-cobra
13 anu preto
14 narceja
15 sabia laranjeira
16 bem ti vi
17 corruíra
18 João de barro
19 pica pau do campo
20 saí amarelo
21 pitiguari
22 Beija-flor tesoura
23 Beija-flor de orelha violeta
24 marreca pé vermelho
25 sanhaçu de coleira
26 graveteiro
27 martim pescador verde
coró-coró - Rosa Varella
28 socozinho
29 bigodinho
30 andorinhão do buriti
31 saracura sanã
32 andorinha de casa pequena
33 carcará
34 tuim
35 gavião carijó
36 Martim pescador pequeno
37 guaracava de barriga amarela
38 Suiriri
39 Garrinhão de barriga vermelha
40 sabia do campo
41 baiano

terça-feira, 28 de março de 2017

Parque Ambiental Colégio Agrícola

Realizamos em 26/02/2017 a passarinhada  do Parque Ambiental Colégio Agrícola de Brasília (PACA-Brasília), seguindo o calendário Vamos Passarinhar nos Parques do DF. O PACA-Brasília fica localizado em Planaltina-DF, às margens da DF-128. A unidade de conservação (UC) protege diversas nascentes e faz parte da área de proteção ambiental do Rio São Bartolomeu.

A passarinhada ocorreu nas margens de 2 lagoas da UC onde foram observadas 39 espécies de aves em cerca de 3h. Destaque para o bom número e variedade de psittacídeos presentes no local, como, arara-canindé, tuim, maracanã-do-buriti, maracanã-pequena, periquito-rei e periquito-de-encontro-amarelo. Abaixo alguns registros fotográficos do evento.



arara-canindé

andorinha-do-rio










periquito-rei


soldadinho

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Parque Recreativo do Gama


olha a turma aí!
A visita ao Parque Recreativo do Gama, primeira do calendário virtual 2017, foi muito agradável principalmente devido à beleza cênica do local. Cortado pelo Ribeirão do Gama, o visual nesse local é belíssimo. Corredeiras e pequenas cachoeiras beiram um paredão, o solo inclinado forma um belo vale que fica espremido entre os morros. A vegetação de mata (Cerradão e Mata de Galeria) predomina nas encostas e por todo o vale.

ribeirão do gama
Quanto às aves foram 47 espécies observadas em cerca de 4h de visita. Logo cedinho, ouvimos limpa-folha-do-buriti em meio a alguns buritis esparsos à borda do ribeirão. Um registro interessante para o local pois eram poucos os buritis à vista para manter uma suposta população dessa ave que reside especificamente em buritizais. Devem ser os remanescentes de uma época onde buritis deviam ser abundantes por ali. Ainda nas margens do riacho observamos martins-pescadores e uma garça-real, uma ave incomum no DF.
ouriço-cacheiro - Carlos Goulart

Na trilha dos macacos, claro, muitos saguis (micro-estrela) curiosos como de costume. Em meio um bando desses macaquinhos, uma bola escondida na mata, bem no alto, se revelou uma bela surpresa, o ouriço-cacheiro, um animal arborícola (vive em árvores) e de hábitos noturnos. Encontrar uma janelinha na mata para fazer o registro fotográfico dele foi um bom desafio.

O Parque Recreativo do Gama não é aberto à visitação pública, porém os sinais de poluição são  perceptíveis principalmente nas margens do riacho.  É um local sensível e que merece muita atenção.














saí-andorinha - Rodrigo Pertoti

Foto de João Rios





sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Vamos Passarinhar nos Parques do DF ? Calendário 2017

A Parceira IBRAM \ OBSERVAVES inicia 2017 reeditando o projeto Vamos Passarinhar no Parques do DF ? Em sua versão 2017, são mais 12 localidades, em sua maioria parques administrados pelo IBRAM, que serão visitadas ao longo do ano (uma passarinhada por mês) com objetivo de observar e registrar as aves em cada local visitado.

A participação nas saídas é livre. Para os interessados é sugerido solicitar a inscrição (pode ser feita na página principal do blog) no whatsapp do Observaves para acompanhar a programação.

Abaixo as lâminas do calendário 2017 contendo uma breve descrição de cada local a ser visitado.


A visita ao Parque Recreativo do Gama, primeira do calendário virtual 2017, foi muito agradável principalmente devido à beleza cênica do local. Saiba mais



Realizamos em 26/02/2017 a passarinhada do Parque Ambiental Colégio Agrícola de Brasília (PACA-Brasília), seguindo o calendário Vamos Passarinhar nos Parques do DF.  O PACA-Brasília fica localizado em Planaltina-DF. Saiba mais



















Postagens populares