sexta-feira, 4 de julho de 2014

Corucão na Praça dos Cristais

Como acontece na maioria das comunidades de observadores de aves, sempre que aparece uma novidade (leia-se aqui um passarinho raro ou incomum para a região proporcionando relativa facilidade de ser encontrado, observado ou fotografado), geralmente ocorre uma mobilização dos passarinheiros para visitar o local onde o emplumado está sendo visto.

Esse comportamento, comum entre os observadores de aves, é visto com ressalvas e gera uma certa polêmica, pois alega-se que dependendo da freqüência de visitação ao local, da forma como é feita e do tipo de interação feito com a ave (excessivo uso de play-back, por exemplo), teme-se que seja prejudicial à própria ave, ou à sua permanência no local, principalmente nos casos quando a mesma é encontrada com ninho ou alimentando filhotes. Um exemplo prático dessa situação\polêmica pode ser visto no comunicado publicado no site wikiaves sobre o prejuízo supostamente causado pelo excesso de visitação e permanência de observadores de aves em áreas de nidificação do cardeal-amarelo. Veja o comunicado em: http://www.wikiaves.com.br/forum/showthread.php?tid=3780&pid=26055

Tendo aqui registrado um lado da controvérsia, passo a descrever e apresentar o outro lado dessa movimentação em torno da novidade. Nesse caso, a "novidade", que está longe de se comparar ao caso do cardeal-amarelo, vem proporcionando boas conversas e situações engraçadas entre os passarinheiros do Observaves.

corucão - Foto de Rogério de Castro
Algum tempo atrás foi registrado um bando de corucões (Chordeiles nacunda) repousando no chão, em  uma praça, conhecida como Praça dos Cristais, localizada no setor militar urbano de Brasília. Quando mencionei o corucão como uma "novidade", foi pelo fato do mesmo ser uma ave relativamente comum em Brasília (clique aqui para saber mais sobre o corucão). Mas o fato de um bando estar sendo observado durante o dia e em local de fácil acesso, foi o que o tornou a "novidade" da vez! Presume-se ainda que boa parte dos corucões registrados em Brasília podem ser migrantes de outras regiões e portanto, não é garantido que fiquem lá por muito tempo.

A Praça dos Cristais não é considerada um local muito atrativo para observação de aves, seja por estar em ambiente urbanizado e com pouca vegetação nativa ou por, consequentemente, não proporcionar o contato com uma grande quantidade de espécies de aves. Há quem possa discordar dessa afirmativa, alegando que mesmo com poucas espécies no local e em sua maioria consideradas "urbanas", é possível também fazer bom registros fotográficos de algumas espécies de beija-flores e de algumas aves aquáticas que são atraídas pelos tanques artificiais da praça.

Área onde os corucões estão sendo observados
Foto de Cida Copriva 

Agora, o interessante de toda essa movimentação, claro, além de ir ao local tentar conferir o corucão, é acompanhar o bate-papo animado da turma, seja demonstrando a alegria de encontrá-lo e fotografá-lo, a "frustração" de passar algumas horas procurando e não conseguir localizar a ave, ou por ter ido duas ou três vezes e ainda não ter conseguido achá-lo e também os incentivos e dicas dos demais colegas sobre onde e como encontrá-lo. Essa possibilidade e oportunidade de relacionar-se, trocar experiências, seja em campo ou no mundo virtual, é um grande estímulo para observadores iniciantes e experientes, e na opinião de quem vos escreve, é assim que deve ser!

Por fim, concluo esse post sugerindo uma reflexão aos leitores e observadores de aves: nossa atividade sem dúvida proporciona momentos únicos de interação com a natureza e em especial, com as aves. Pode trazer ainda outros benefícios como bons relacionamentos e ampliação do círculo social. Em contrapartida, devemos estar atentos ao equilíbrio e buscar o senso crítico para não fazer pesar sobre as aves nossas ansiedades, caprichos e vaidades, sob a pena de estarmos perdendo uma excelente oportunidade de buscar, através da observação de aves, mais um caminho para a preservação de nossa natureza.


corucões - Foto de Herbert Schubart

corucão - Foto de Herbert Schubart

6 comentários:

  1. Eu estava pensando em voltar e tentar melhorar minhas fotos deles, mas vc me fez refletir...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Comandante Rodrigo. Muito bom texto!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Rodrigo, excelente texto e uma importante reflexão!

    ResponderExcluir
  4. Agradeço os colegas pelos comentários e elogios!!

    ResponderExcluir

Postagens populares